sábado, 8 de outubro de 2011

Um vinho branco brasileiro de quase 20 anos de garrafa

O meu sogro, Francisco, tem alguns vinhos muito antigos em sua adega, algumas raridades de quem já comprava e apreciava vinho enquanto a bebida nem era tão comentada no Brasil como é hoje. Esse Domaine Saint Germain 1992 foi um presente dele. Procurando na internet não achei muita coisa, apenas que atualmente o produtor é a Aurora e as safras atuais são feitas a partir de trebbiano e semillon. No rótulo só constava como sendo um blanc de blancs.
Eu sei que vinhos como esse não são de guarda, ainda mais por ser de uma época que a produção nacional não apresentava a tecnologia que tem hoje. Por isso a surpresa, pois o vinho após 19 anos em garrafa estava muito bom, aromas florais e no paladar com notas de maracujá e acidez pronunciada, que se não soubesse a origem diria se tratar de um honesto Sauvignon Blanc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário