sábado, 5 de janeiro de 2013

Espumantes brasileiros

Tema da Confraria de Janeiro : Espumantes brasileiros

O tema do encontro de nossa confraria esse mês foram os espumantes brasileiros, Charmat x Champegnoise. Escolhi 5 garrafas da seguinte forma, 2 espumantes elaborados pelo método Charmat, um mais caro e teoricamente mais famoso e um mais "simples". E da mesma forma para os 2 exemplares elaborados pelo método Champegnoise. Como intruso coloquei uma garrafa de um Cava. 

Acho as degustações as cegas sensacionais pois servem para quebrar alguns mitos e preconceitos e nos ajuda a entender que o mais importante é o gosto pessoal de cada um. O resultado final foi surpreendente e está relatado abaixo.

O único não cego na degustação era eu, que fiquei encarregado de escolher, comprar e servir os espumantes. Cada participante deu notas de 0 a 10, a menor nota e a maior de cada espumante foram excluídas e a nota máxima seria então 70 pontos.

5o lugar - 33 pontos - Cava Marrugat Brut (R$: 34,90)

Os Cavas são ótimos pelo seu custo benefício, apesar de ninguem ter achado um espumante ruim, foi só classificado como inferior aos outros degustados, talvez fosse o menos aromático da noite e esse tenha sido o motivo

4o lugar - 44 pontos - Miolo Millésime 2009 (R$ 89,90)

Talvez o resultado mais surpreendente da noite, famoso espumante brasileiro que ja representou bem o Brasil em vários concursos, o espumante top de linha da Miolo, produzido apenas em anos de safras muito boas, fica cerca de 20 meses fermentando em garrafa. A maioria o achou levemente adocicado, o que soa até estranho em se tratando de um Brut

3o lugar - 58 pontos - Chandon Reserve Brut  (R$ 59,90)

Um dos mais populares espumantes da Chandon no Brasil, feito pelo método Charmat, agradou bastante, frutado na medida certa o que não o torna enjoativo.

2o lugar - 59 pontos - Salton Brut (24,90)

Outra surpresa, esse espumante da Salton é muito honesto, agradou bastante, bem equlibrado e refrescante e pelo preço, um campeão do bom custo benefício.

1o lugar - 60 pontos - Miolo Cuvée Tradition Brut (R$ 32,90)

Na minha opinião a Miolo acertou a mão com esse espumante elaborado pelo método tradicional. Há muito tempo que sou fã desse exemplar pelo que ele entrega pelo preço. Bolhas muito pequenas, acidez na medida certa e um leve toque de leveduras mas sem nenhum amargor.

Espumantes na ordem em que foram servidos da esquerda para a direita


Confraria dos Amiguis






2 comentários:

  1. Conheci o blog agr, mais tem otimas dicas e imformações...

    http://www.vinhobr.com.br

    ResponderExcluir